Cicloturismo une o prazer de pedalar a vistas deslumbrantes pelo Brasil

Compartilhe:

Com ela você pode ir até a padaria da esquina, mas também atravessar o continente. Grande companheira do lazer, a bicicleta é ainda eficiente, barata, ecológica e contribui para a saúde de seus adeptos. Por tudo isso, a união do pedal com o turismo acabou virando tendência no Brasil e no mundo. No cicloturismo, a jornada importa tanto ou mais que o destino final. Assim, seus praticantes tendem a escolher rotas que permitam a prática com segurança e que ofereçam vistas e atrações pelo caminho. Viagens curtas obviamente fazem parte dessa prática, embora cresça o número de aventureiros que podem passar dias pedalando e apreciando os mais importantes detalhes da paisagem e das cidades por onde visitam. No Brasil, os circuitos mais conhecidos incluem o Vale Europeu, em Santa Catarina, a Rota das Frutas (SP), a Estrada Real (que passa pelos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro) e a rota em Fortaleza e Jericoacoara, no Ceará, feita quase que em sua totalidade pelas areias das praias do litoral. Diante de tantas horas no pedal, o descanso também é sagrado! Por isso, escolher hotéis e pousadas que ofereçam conforto e bem-estar para descansar o corpo e se alimentar bem, além de ser essencial, ainda traz um charme especial à aventura ciclística. Um banho relaxante, boa alimentação e repouso em camas confortáveis proporcionam energia renovada ao cicloturista. Nas rotas famosas e, mesmo naquelas percorridas pelos ciclistas mais desbravadores, há centenas de meios de hospedagem que, em parceria com a Harus, fornecem aos viajantes o que há de melhor em amenities e gastronomia, sempre com o olhar voltado à sustentabilidade no turismo brasileiro. Cuidados Para usufruir de tudo o que o cicloturismo oferece, contudo, é preciso tomar alguns cuidados. Caso haja vontade e pouca ou nenhuma prática, o ideal é começar devagar e, sempre que possível, consultar um médico para conhecer melhor a condição cardiovascular. Outros cuidados são bastante importantes ao cicloturista:

  • Prefira sair em grupo em que haja um líder para organizar os percursos, além de experiência em cicloturismo;
  • Revise sua bicicleta e cheque freio, marchas, pneus, câmbio etc;
  • Bagageiros acoplados à bike podem ser de grande ajuda para quem vai fazer viagens mais longas;
  • Itens de primeiros socorros são essenciais;
  • Sempre ter à mão água e alimentos leves, como frutas e barras de cereais;
  • Aprenda a fazer uma manutenção básica, como trocar uma câmara de ar furada. Ter um pequeno kit com remendos, espátula e bomba de ar é importante para longas viagens;
  • A bicicleta é considerada um veículo pelo Código de Trânsito Brasileiro, com direito a trafegar nas vias e prioridade sobre os carros. Os trajetos na cidade nem sempre contam com ciclovias, e o uso do bom senso evita acidentes, sempre que preciso, use o acostamento.

Tudo pronto, aproveite para curtir a paisagem e tonificar as pernas. Boa viagem! Consulte a Harus para saber mais sobre os nossos produtos e serviços! E, se gostou deste conteúdo, compartilhe-o com os seus contatos.

Compartilhe:

Fique por dentro de todas as novidades que a Harus oferece para o setor da hospitalidade.

Faça seu cadastro e receba nosso conteúdo em primeira mão!

Leia mais

es_ES

VAMOS A MANTENER CONTACTO

REGÍSTRATE Y SÉ EL PRIMERO EN ENTERARTE DE NUESTROS ÚLTIMOS LANZAMIENTOS Y EVENTOS EXCLUSIVOS.

Olá! Tudo bem? Como posso te ajudar?