Turismo espacial: a ficção começa a se tornar realidade. Saiba mais!

Compartilhe:

Quando você pensa em uma viagem de férias, qual é o primeiro lugar que vem à cabeça? Uma praia paradisíaca, uma casa de campo, um resort cinco estrelas, uma cidade com a vida noturna agitada? E se dissermos que o espaço – sim, o sideral – poderá ser uma opção como qualquer uma delas em algumas décadas? Afinal, hoje, o turismo espacial já é uma realidade, porém, ainda é para poucos.

O ano de 2021 foi marcado pelo início do turismo espacial. Quinze pessoas tiveram a oportunidade de ultrapassar a atmosfera terrestre rumo ao espaço. Até então, apenas astronautas profissionais – título concedido apenas a indivíduos treinados e capacitados por agências espaciais, como a Nasa, dos Estados Unidos, e a Roscosmos, da Rússia – haviam decolado em um foguete.

A façanha, que dura aproximadamente 10 minutos, só é possível graças a uma mudança tecnológica. Isso porque, antes, as naves eram descartadas depois de um voo e o custo da operação se tornava altíssimo, sendo viável apenas para as agências governamentais. Porém, os avanços dos últimos anos permitem que a mesma nave decole e pouse em segurança, ou seja, viabiliza o uso de uma nave para diversos voos suborbitais.

Quais são as opções
Embora a Nasa tenha que autorizar todas as missões com pouso na Estação Espacial Internacional, nenhuma agência espacial realiza viagens turísticas ao espaço. Atualmente, três empresas privadas oferecem o serviço: SpaceX, de Elon Musk, Blue Origin, de Jeff Bezos, e Virgin Galactic, de Richard Branson. Eles são, respectivamente, donos da Tesla, da Amazon e do Grupo Virgin.

Não há um consenso sobre qual é a distância exata em relação à Terra que determine onde começa o espaço sideral. Porém, há a Linha de Kárman, que fica a 100 km de altitude e é considerada por diversos estudiosos como a fronteira com o espaço. Por outro lado, a Nasa utiliza a fronteira de 80 km acima da superfície como base em suas missões.

Por que estamos te contando isso? Porque é importante conhecer essas fronteiras para, quando o turismo espacial se popularizar, não ser enganado. Hoje, já existem passeios de balão até a estratosfera, que fica a aproximadamente 50 km do solo. Embora a viagem também ofereça uma experiência única, com vistas incríveis, não é correto afirmar que foi uma visita ao espaço.

Quanto custa
As primeiras viagens suborbitais tiveram caráter experimental, e há uma lista de espera para quem deseja participar das próximas. Conforme mencionado, o turismo espacial ainda é uma realidade para poucos, já que os preços iniciais estão na casa de milhões de dólares. Contudo, o avanço acelerado da tecnologia pode baratear as operações e tornar as viagens espaciais mais acessíveis nas próximas décadas.

A Blue Origin – empresa que, em 2022, levou o primeiro brasileiro para uma viagem espacial turística – não anuncia o valor da passagem. Entretanto, em 2021, a primeira passagem foi arrematada por US$ 28 milhões, o equivalente a mais de R$ 150 milhões. Porém, o valor pode ter sido elevado por se tratar do ineditismo, pois outro tíquete foi leiloado a US$ 8 milhões (cerca de R$ 40 milhões).

A SpaceX também não divulgou os valores cobrados em sua primeira decolagem comercial. No entanto, a revista Time divulgou que o comandante e idealizador da missão, Jared Isaacman, teria desembolsado US$ 200 milhões (mais de R$ 1 bilhão), por quatro lugares – que foram sorteados, arrecadando US$ 113 milhões – na nave.

Considerando os padrões atuais, a Virgin Galactic pratica os preços mais em conta, com reserva de uma poltrona para um voo suborbital por US$ 450 mil, cerca de R$ 2 milhões. A viagem está prevista para 2023. Os interessados devem pagar uma taxa de US$ 1 mil para entrar na fila de espera, que já conta com nomes como Justin Bieber e Lady Gaga.

Quem pode ir
Mesmo que o interessado tenha o dinheiro necessário para ir ao espaço, as empresas possuem algumas regras para garantir a segurança dos tripulantes. As pessoas precisam ter o condicionamento para aguentar a aceleração da gravidade, que pode ser até seis vezes maior durante o voo, e desempenhar algumas tarefas de segurança durante a viagem. Cada companhia pode determinar as próprias diretrizes.

Na Blue Origin, a idade mínima é 18 anos. O interessado deve ter mais de 1,50 m e menos de 1,92 m. Também há limites mínimo e máximo quanto ao peso: de 50 kg a 101 kg. Entre outros requisitos, o indivíduo precisa conseguir escalar a torre de lançamento (equivalente a sete lances de escada) em 90 segundos e prender-se e soltar-se do cinto de segurança em até 15 segundos, além de passar por um treinamento de 14 horas.

A Virgin Galactic exige que a pessoa esteja em boa forma física e passe pelo treinamento que inclui ensaios de microgravidade, recomendações de segurança e instruções sobre os EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) usados durante o voo. Uma equipe médica acompanha os viajantes até o momento da decolagem para garantir a saúde física e mental dos tripulantes.
A SpaceX ainda não formalizou suas regras. Os passageiros do primeiro voo suborbital da companhia, contudo, passaram pelo mesmo treinamento recebido pelos astronautas da Nasa. O protocolo incluiu testes físicos, aulas de mecânica orbital e treinamento básico sobre o funcionamento e a operação da cápsula.

E o futuro?
Ao que tudo indica, o turismo espacial se tornará acessível nas próximas décadas, uma vez que o avanço acelerado da tecnologia e a popularização da oferta tendem a diminuir os custos. Mesmo parecendo uma viagem distante, basta lembrar que em meados da décadas de 1990, a internet e o celular eram para poucos. Hoje, ambas tecnologias estão presentes no dia a dia da maioria das pessoas.

A Harus ainda não chegou ao espaço, mas está em todas as outras modalidades de turismo do Brasil! Consulte-nos para saber mais sobre os nossos produtos e serviços. E, se gostou deste conteúdo, compartilhe-o com os seus contatos.

Compartilhe:

Fique por dentro de todas as novidades que a Harus oferece para o setor da hospitalidade.

Faça seu cadastro e receba nosso conteúdo em primeira mão!

Leia mais

en_US

LET'S KEEP IN TOUCH

REGISTER AND BE THE FIRST TO KNOW ABOUT OUR LATEST RELEASES AND EXCLUSIVE EVENTS.

Olá! Tudo bem? Como posso te ajudar?